Siga-nos!

Diferenças entre cânhamo e marijuana

diferenças entre cânhamo e cbd

Partilhar

Tanto o cânhamo como a marijuana são plantas da família da canábis, mas existem algumas diferenças fundamentais que distinguem estas duas variedades. Estas diferenças encontram-se na sua composição química, aspeto físico e utilização. Vejamos mais de perto as características únicas de cada uma:

História da canábis:

A canábis tem sido utilizada por várias culturas ao longo da história para fins medicinais, têxteis, religiosos e recreativos. Pensa-se que a utilização da canábis remonta a milhares de anos em regiões como a Ásia Central e do Sul. Na China antiga, o cânhamo era valorizado pela sua fibra, que era utilizada para fabricar têxteis e cordas. Foram também encontrados vestígios arqueológicos de sementes de canábis em túmulos na China antiga, o que sugere a sua utilização como alimento ou medicamento.

Em algumas culturas indianas antigas, a canábis era considerada uma planta sagrada e era utilizada em cerimónias religiosas e práticas espirituais. O termo "bhang" refere-se a uma bebida tradicional à base de canábis que ainda é consumida durante as festividades hindus e sikhs.

Composição canabinóide:

Uma das principais diferenças entre o cânhamo e a marijuana reside na sua composição canabinóide. Como já foi referido, o cânhamo contém níveis muito baixos de THC, geralmente inferiores a 0,3% numa base de peso seco. O THC é o principal composto psicoativo da canábis e é responsável pelos efeitos intoxicantes associados à marijuana.

Por outro lado, a marijuana tem níveis significativos de THC, que variam consoante a variedade e as condições de cultivo. Os níveis de THC podem variar entre 5% e 30% numa base de peso seco, ou mesmo mais elevados em algumas estirpes híbridas especialmente criadas. Isto significa que a marijuana tem um potencial muito maior para alterar o humor, a perceção e a cognição do que o cânhamo.

Morfologia vegetal:

A nível morfológico, existem também diferenças notáveis entre o cânhamo e a marijuana. O cânhamo tende a ter um crescimento mais alto e mais fino, com caules longos e delgados, ideais para a produção de fibras têxteis. A marijuana, por outro lado, tende a ser mais compacta e densa, com mais desenvolvimento de botões e folhas.

Esta diferença na morfologia deve-se em parte aos diferentes métodos de cultivo e à seleção de estirpes que foram desenvolvidos ao longo dos anos. Enquanto o cânhamo é cultivado principalmente para a produção de fibras e sementes, a marijuana é cultivada para obter níveis mais elevados de THC para fins recreativos e medicinais.

Utilização e aplicações:

O cânhamo e a marijuana têm utilizações diferentes. O cânhamo é cultivado há milhares de anos e é utilizado principalmente no fabrico de vários produtos industriais. As fibras de cânhamo são utilizadas no fabrico de papel, têxteis, cordas e materiais de construção. As sementes de cânhamo são comestíveis e podem ser utilizadas na culinária, sendo também extraído óleo de cânhamo rico em CBD com propriedades terapêuticas.

Por outro lado, a marijuana é utilizada principalmente para fins recreativos e medicinais. Devido aos elevados níveis de THC, a marijuana pode produzir efeitos psicoactivos que alteram a perceção e o humor. É fumada, vaporizada ou ingerida em alimentos e é utilizada para aliviar a dor, reduzir a ansiedade e estimular o apetite, entre outras utilizações medicinais.

Utilizações têxteis e comerciais do cânhamo:

Durante séculos, o cânhamo foi uma das plantas mais versáteis conhecidas pela humanidade. As suas fibras fortes e duradouras eram utilizadas para fabricar vestuário, cordas, velas, papel e redes de pesca. As caravelas que exploraram o Novo Mundo durante a Era dos Descobrimentos tinham velas de cânhamo devido à sua durabilidade e capacidade de resistir à salinidade do oceano.

Na década de 1940, o cultivo do cânhamo sofreu um declínio significativo devido à proibição da canábis em muitos países. No entanto, como a consciência dos seus benefícios industriais aumentou nos últimos tempos, registou-se um ressurgimento do cultivo do cânhamo para fins têxteis e comerciais.

Diferenças legais e regulamentares:

A legalidade do cânhamo e da marijuana varia consoante o país e a região. Alguns países adoptaram o cultivo e a utilização do cânhamo para fins industriais e medicinais, permitindo níveis controlados de THC nos produtos de cânhamo. Outros optaram por manter uma política mais restritiva.

No que diz respeito à marijuana, cada vez mais países têm adotado uma posição mais tolerante ou mesmo legalizado o seu uso recreativo e/ou medicinal. Esta mudança foi motivada, em parte, pelo reconhecimento crescente dos benefícios terapêuticos da planta e pelo desejo de desmantelar os mercados ilícitos e o tráfico de droga.

Impacto ambiental do cânhamo:

Para além das suas utilizações industriais e comerciais, o cânhamo é valorizado pelo seu impacto ambiental positivo. Trata-se de uma planta de crescimento rápido que requer menos água e pesticidas do que outras culturas, como o algodão. Tem também a capacidade de melhorar a saúde do solo e pode ser utilizado como ferramenta de fitorremediação para absorver metais pesados e outros poluentes do solo.

Em suma, duas variedades distintas da planta da canábis, o cânhamo e a marijuana, têm uma longa história de utilizações e significados culturais. Durante séculos, as pessoas utilizaram o cânhamo para fins industriais e alimentares, enquanto diferentes culturas reverenciaram ou estigmatizaram a marijuana devido ao seu teor de THC. À medida que os conhecimentos científicos avançam e as atitudes mudam, é provável que a perceção e a utilização destas duas plantas continuem a evoluir no futuro. Em muitos países, a legalidade e a regulamentação da canábis continuarão a ser debatidas. A investigação científica continuará a lançar luz sobre os benefícios e os riscos da sua utilização.

Subscrever a nossa Newsletter

Mantenha-se atualizado com as nossas notícias

Outros postos

comprar flores de cbd online botões de marijuana legais por atacado
Flores com CBD

Viajar com flores CBD: legalidade e dicas

O CBD, ou canabidiol, tornou-se um companheiro comum para muitos devido às suas propriedades terapêuticas conhecidas. Entre as suas formas mais comuns de apresentação

Carrinho de compras0
Não existem produtos no carrinho!
Continuar a comprar
0
Deslocar para o topo

Iniciar sessão

Comece a escrever para ver os produtos que procura.

TEM MAIS DE 18 ANOS?

ESTE SÍTIO UTILIZA COOKIES. AO ENTRAR, CONCORDO COM OS TERMOS DE UTILIZAÇÃO TERMOS DE UTILIZAÇÃO E POLÍTICA DE PRIVACIDADE.